Embasa amplia cobertura de esgoto para novos domicílios do Oeste da BahiaBlog Bahia - "O Portal de Notícias do Oeste Baiano"

9 de mar. de 2020

Embasa amplia cobertura de esgoto para novos domicílios do Oeste da Bahia

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) vem trabalhando para beneficiar cada vez mais pessoas com o serviço de coleta e tratamento de esgotamento sanitário no Oeste da Bahia.  Com a operação dos sistemas em Barreiras, Canápolis, Luís Eduardo Magalhães, Ibotirama e Muquém do São Francisco, a empresa garantiu no último ano para estas cidades um acréscimo total de 3.629 mil imóveis que passaram a contar com este serviço. Considerado o polo agrícola da região, Luís Eduardo Magalhães lidera o ranking com 2.400 mil novas ligações de esgoto ao longo de 2019, seguido de perto por Barreiras, com 1.398 ligações; e Ibotirama, com 100. Com quase 95% das sedes municipais atendidas, Canápolis e Muquém tiveram juntas cerca de 50 novas ligações de esgoto.

Ao longo do último ano, a empresa investiu, principalmente nas duas maiores cidades da região, com a implantação de estrutura de rede coletora, ramais prediais e as caixas de inspeção, localizadas nas calçadas possibilitando que os imóveis possam ser diretamente beneficiados com a coleta e tratamento dos esgotos domésticos. Onde já existe sistema de esgotamento sanitário em operação, o gerente regional da Embasa, Francisco Araújo Andrade, explica que a empresa vem expandindo o serviço, garantindo que o esgoto seja levado para uma estação própria que trata o efluente antes de retornar ao meio ambiente sem riscos de contaminação. “A operação do sistema ainda conta com as estações distribuídas nas cidades que bombeiam os esgotos das partes mais baixas até chegar na estação de tratamento. Para operar toda esta estrutura, são necessários equipamentos modernos e resistentes; equipes especializadas, principalmente para desobstrução da rede; e grande quantidade de energia elétrica para o funcionamento 24 horas por dia dos equipamentos”, explica.

Expansão - No Oeste da Bahia, a Embasa presta o serviço de esgotamento sanitário para 66.214 imóveis, sendo 40.218 ligações de esgoto em Barreiras e 17.585 em Luís Eduardo Magalhães. Assim como nos últimos quatro anos, a previsão é que a Embasa mantenha para 2020 o ritmo de expansão da rede de esgoto para imóveis localizados em áreas que já contam com a rede coletora, principalmente nas cidades com maior crescimento populacional, Barreiras e Luís Eduardo Magalhães. Juntas, estas duas cidades garantem a coleta e tratamento de um volume médio mensal de 800 mil metros cúbicos (m³) de esgoto que, antes, eram lançados em estado bruto nos rios e lençóis freáticos da região. Atualmente, a cobertura deste serviço atinge cerca de 70% da sede municipal de Barreiras, e 45% de Luís Eduardo.


Fonte: Blog Bahia  / Ascom Embasa

Nenhum comentário:

Postar um comentário