PRF na Bahia encerra Operação Natal 2020 com mais de 10 mil veículos fiscalizadosBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)

29 de dez. de 2020

PRF na Bahia encerra Operação Natal 2020 com mais de 10 mil veículos fiscalizados

 

Apesar de todo o esforço da PRF nas ações estratégicas de fiscalização e conscientização, os agentes federais flagraram ainda muitos condutores e passageiros contrariando as leis de trânsito durante o feriadão.


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia finalizou, às 23h59 deste domingo (27), a Operação Natal 2020. Iniciada na última quarta-feira (23/12), a PRF intensificou a fiscalização e os esforços foram voltados à segurança viária, prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito e à garantia da mobilidade nas rodovias do país.

Durante os cinco dias da operação, a PRF na Bahia contou com reforço nas equipes e concentrou seu efetivo ao longo dos trechos mais movimentados e de maior incidência de acidentes graves e de ocorrências criminais.

Para isso, foram intensificadas rondas ostensivas nas rodovias com o posicionamento estratégico das viaturas, a fim de promover aos usuários das rodovias federais uma maior sensação de segurança e fluidez do trânsito.

Segurança viária

A Operação Natal está inserida entre as ações da décima edição da Operação Rodovida, que tem como premissa básica a integração entre os diversos órgãos públicos da União, Estados e Municípios com o intuito de somar forças no enfrentamento à violência no trânsito e na redução dos custos sociais decorrentes. A ideia é sensibilizar cada um dos atores do trânsito a respeito do seu papel, das suas obrigações e os cuidados necessários para proteger a vida. Veja a matéria Vai pegar a estrada: Confira as dicas para fazer uma viagem tranquila e segura 

Neste feriado prolongado, as atividades desenvolvidas pela instituição foram focadas para combater as infrações de trânsito, em especial às condutas geradoras de acidentes como: as ultrapassagens proibidas, dirigir sob a influência de álcool, transitar pelo acostamento, excesso de passageiros, dentre outras.

O uso do cinto de segurança, do capacete, controle de velocidade, transporte de crianças, além de fiscalizações específicas de motocicletas e condições de conservação dos veículos, também foram alvos das equipes da PRF.

Apesar de todo esforço da PRF na fiscalização e educação, foram flagrados diversos condutores agindo com imprudência nas rodovias federais do estado. A PRF alerta aos motoristas que obedecer às normas de trânsito, contribui para um trânsito mais seguro. A redução da violência nas rodovias federais depende da participação de todos.

Os esforços do policiamento qualificado resultaram na fiscalização de 10.979 veículos e 11.066 pessoas.

Nesse ranking de imprudências mais constatadas pelos PRFs, está ainda a ultrapassagem proibida, com 1.397 autos extraídos. Nunca é demais enfatizar que a colisão frontal, quase sempre causada pelas ultrapassagens indevidas, é o tipo de acidente que mais fere gravemente e mata pessoas em rodovias do país inteiro. A infração de ultrapassar em faixa amarela contínua é infração gravíssima, com multa de R$ 1.467,35 e rende 7 pontos na carteira.

O feriadão foi marcado pelo aumento do fluxo de veículos e usuários circulando pelas rodovias federais para os mais diversos destinos, porém uma das maiores preocupações da PRF é o lamentável hábito que parte de nossos motoristas ainda conserva: dirigir após consumir bebidas alcoólicas.

Durante as abordagens, foram realizados 746 testes com etilômetro (aparelho utilizado para aferir a quantidade de álcool ingerido pelo condutor, conhecido popularmente como bafômetro), totalizando 54 condutores autuados por alcoolemia ao volante nas modalidades constatação e recusa. Destes, 05 condutores foram detidos por embriaguez ao volante e foram encaminhados à Delegacia de Polícia para responderem criminalmente. Eles também tiveram suas carteiras recolhidas.

Nas fiscalizações, a PRF também emitiu 55 autos de infração para motociclistas ou passageiro sem capacete. Perigo também geraram os 04 motoristas que usavam o celular enquanto dirigiam. Obrigatório não só para o motorista, mas também para todos os ocupantes do veículo, o cinto de segurança, ou melhor, o não uso dele gerou mais de 529 autuações. Quando o alvo das fiscalizações foi a criança sem cadeirinha, 83 autos foram emitidos.

O fato de o motociclista não usar o capacete ou pessoas não usarem cinto de segurança em automóveis é determinante na gravidade dos acidentes.

Foram também retiradas de circulação mais de 30 toneladas de excesso de peso das rodovias. O peso acima do permitido sobrecarrega os sistemas de suspensão e freios, oferecendo riscos ao motorista e aos usuários da rodovia, e ainda danifica o pavimento asfáltico.

Acidentes, feridos e óbitos

O balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) quanto à violência no trânsito nas rodovias federais acende um sinal de alerta para a necessidade de mais prudência e educação por parte de todos.

Este ano, durante os cinco dias da Operação Natal a PRF na Bahia registrou um total de 67 acidentes. Destes, 28 foram acidentes graves, quando resultam em, pelo menos, um óbito ou ferido gravemente. De quarta-feira (23) até às 23h59 de domingo (27), 19 pessoas morreram durante os cinco dias nas estradas baianas. Já o número de feridos totalizou 71 pessoas.

Rodovida na Bahia

A Rodovida visa conscientizar condutores, ciclistas, pedestres e passageiros a tornar o trânsito mais seguro, através da mudança de atitude, ressaltando que cada um é responsável pela segurança de todos e, por isso, deve perceber os riscos e proteger a própria vida e a dos demais ao seu redor.

A Superintendência de Polícia Rodoviária Federal na Bahia (SPRF-BA) elaborou um planejamento seguindo as diretrizes da Rodovida e ao mesmo tempo considerando as características e especificidades das rodovias federais do estado. Foram realizados levantamentos com identificação dos trechos de rodovias que merecem maior atenção nesse período.

Todas as dez Delegacias PRF do estado baiano adotarão as medidas para coibir as ultrapassagens irregulares, o consumo de álcool, o não uso do cinto e da cadeirinha e o trânsito irregular de motocicletas, dentre outras. Em alguns pontos, porém, em virtude de um histórico maior de acidentes nesse período do ano, haverá uma atenção especial, inclusive com reforço de efetivo. A exemplo da BR 324, por concentrar o maior fluxo de veículos, principalmente, o trecho entre Salvador e Feira de Santana, quanto a BR 101, por conter municípios de grande atração de viajantes.

Enfrentamento a criminalidade

Durante os cinco dias da operação, a PRF na Bahia recuperou 05 veículos com registro de roubo ou furto. Outros 02 veículos adulterados foram apreendidos no período, o que representa o esforço da instituição no enfrentamento as fraudes veiculares. 27 pessoas foram detidas por diversos crimes. Também foi responsável pela apreensão de 33 comprimidos de anfetaminas e no resgate de 02 aves silvestres.

Destaca-se a ocorrência registrada na quarta-feira (23), em Santo Amaro, durante abordagem a uma caminhonete Strada. No momento da abordagem o homem se apresentou com o nome do irmão o que foi logo constatado pela equipe ser uma informação falsa. Durante a fiscalização detalhada, a equipe policial descobriu compartimentos ocultos. Dentro foram encontrados aproximadamente 14 quilos de cocaína. Com a apreensão, o prejuízo ao narcotráfico foi de quase R$ 1.700.000,00 milhões. Ao ser questionado, o homem relatou que saiu de São Paulo e o destino final seria a cidade baiana de Feira de Santana, porém se ‘perdeu’ durante o trajeto e acabou parando em Santo Amaro. Ele foi preso em flagrante e responderá pelo crime previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006, cuja pena pode chegar a 15 anos de prisão.


Fonte: Blog Bahia  / PRF BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário