Barreiras: Moradores da Morada da Lua reclamam da falta de meio-fio após pavimentaçãoBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)

30 de mar. de 2021

Barreiras: Moradores da Morada da Lua reclamam da falta de meio-fio após pavimentação

 

A felicidade de ser contemplado pelo asfaltamento das ruas não foi completa para os moradores do bairro Morada da Lua. Apesar da melhoria das vias de trânsito do bairro, os moradores tem lamentado outro problema – a falta de meio-fio.


Já faz quase um ano desde que as obras de pavimentação foram concluídas. No entanto, desde então a construção do meio-fio das calçadas nunca foi realizada, o que tem atrapalhado os moradores da Morada da Lua a concluírem a construção de suas calçadas.


Além disso, a falta de meio-fio prejudica não só a aparência das ruas, como também prejudica a vida útil do próprio asfalto, que começa a se deteriorar nos locais próximos às áreas da calçada. A situação, que se arrasta por muito tempo, tem gerado várias reclamações entre os moradores, que buscam por uma solução para este problema.

O que a Prefeitura diz sobre o caso da Morada da Lua?


Diante desta situação, o Fala Barreiras entrou em contato com  João Sá Telles, Secretário Municipal de Infraestrutura, Obras, Serviços Públicos e Transporte de Barreiras, para comentar sobre o bairro Morada da Lua. De acordo com o Secretário, a construção de meio-fio ainda não foi realizada porque a equipe responsável por essa obra não está conseguindo acompanhar o ritmo de pavimentação da cidade.


“A questão é que existe uma dificuldade de acompanhar o meio-fio, que é duplo numa via, a capacidade de obra, o ritmo impresso de obras, impresso pelo nosso Prefeito. Quer dizer, o pessoal que faz meio-fio não dá conta de acompanhar a pavimentação. Mas pode olhar que sempre existe equipe de sarjeta e meio-fio permanentemente trabalhando na cidade”, explicou João Sá Telles.

Ainda de acordo com o Secretário, uma equipe já deve ter trabalhado no bairro Morada da Lua. No entanto, esses profissionais tiveram que ser transferidos para outros locais que demandavam obras mais urgentes.


“Não sei se tem uma equipe lá (no bairro Morada da Lua). Mas deve ter havido uma equipe, que deve ter sido deslocada para algum lugar estratégico em função do período de chuva. Por quê? Porque nós demos prioridade à áreas que tenham maior declividade. Quanto maior a declividade, nós orientamos que fosse feito mais rapidamente o meio-fio para proteger mais ainda a pavimentação”, completou João Sá Telles.


Fonte: Blog Bahia  / Fala Barreiras

Nenhum comentário:

Postar um comentário