Luís Eduardo Magalhães: Auxilio Emergencial Municipal deverá pagar duas parcelas no 1º loteBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)

17 de jun. de 2021

Luís Eduardo Magalhães: Auxilio Emergencial Municipal deverá pagar duas parcelas no 1º lote

 

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da Secretaria de Trabalho e Assistência Social, vai realizar o pagamento do 1º lote do Auxílio Emergencial Municipal entre os dias 25 de junho e 1º de julho. Os primeiros beneficiários, receberão o referente a duas parcelas do Auxílio, no valor de R$600.


O pagamento será realizado através de um cartão nominal, contendo o CPF do beneficiário. 


Até o momento, foram cadastradas 1.700 pessoas, restando ainda 400 cadastros a serem preenchidos, para o número total de 2.100 contemplados. 


“Estamos cadastrando apenas as pessoas que se enquadram nos critérios. Não se trata de um novo cadastramento e sim uma atualização para que recebam o benefício”, disse a Secretária de Trabalho e Assistência Social, Scheilla Bernardes.


Entenda

A Secretaria de Trabalho e Assistência Social enfrentou uma série de desafios para pôr em prática um programa de transferência de renda municipal. 


Entre eles, a duplicidade de nomes encontrados nos cadastros. Houveram também tentativas de burlar o sistema, e como o município não dispõe de um sistema único que reúna todas as informações dos munícipes, os dados precisaram ser checados um a um, e a informação atualizada de forma manual.


“Em função da falta desse sistema de cadastramento informatizado, que estamos providenciando instalar, nós tivemos muitas tentativas de cadastramento fraudulento. Vimos, por exemplo, um casal afirmar não serem casados a fim de obter dois benefícios. Num sistema informatizado, um simples cruzamento de dados de endereço evitaria essa tentativa”, disse a Secretária Scheilla Bernardes.


Superadas essas dificuldades, Luís Eduardo Magalhães será uma das poucas cidades da Bahia, dentre os 417 municípios, com um programa que vai atender mais de duas mil famílias em situação de vulnerabilidade, com recursos próprios.


Fonte: Blog Bahia  / Ascom, Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário