Projeto coleta cinco mil litros de óleo usado em BarreirasBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)

14 de jun. de 2021

Projeto coleta cinco mil litros de óleo usado em Barreiras

 

“Se Ligue no Óleo”, da parceria da Embasa com o Instituto Caturama, conta com três pontos presenciais em Barreiras, e a coleta em domicílio por meio do Disk Coleta, evitando a contaminação dos recursos hídricos e a obstrução da rede de esgoto.



Com alto potencial de contaminação dos recursos hídricos, o óleo de cozinha usado escoado pelo ralo da pia pode entupir as instalações hidrossanitárias domiciliares e provocar obstruções na rede pública de esgotamento sanitário. Para estimular as pessoas a separar e destinar o óleo usado para a produção de sabão artesanal, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) vem promovendo, desde o início deste ano, o projeto “Se Ligue no Óleo” em Barreiras, em parceria com o Instituto Caturama de Sustentabilidade. O projeto, que já contabiliza 5.000 litros de óleo coletados em Barreiras, conta atualmente com três pontos presenciais (lista abaixo), e a coleta em domicílio por meio do Disk Coleta: (77) 9.8814.8273.

O presidente do Instituto Caturama de Sustentabilidade, Franco Porto, explica que, apesar da pandemia, o projeto tem implantada uma rede que coleta entre 600 a 1.000 litros de óleo usado por mês. “Já chegamos a coletar até 1.800 litros no mês, o que veio reduzindo ao longo da pandemia. Todo o óleo é destinado para a produção de sabão e a renda é revertida para manter a rede de coleta e o processo de reciclagem desse resíduo. Nosso objetivo é sensibilizar as pessoas para que separem e destinem corretamente o óleo evitando a poluição dos recursos hídricos, seja para uma produção própria de sabão ou participando como voluntários do nosso projeto”, reforça. 


Para o gerente operacional de esgoto da Embasa, Vagner Pereira, a parceria da Embasa com o Instituto Caturama é fundamental para incentivar a destinação correta do óleo de cozinha, que é prejudicial à operação do sistema de esgotamento sanitário e ao meio ambiente. “No ano passado, tivemos mais de 3.300 serviços de desobstrução. No período seco, o óleo é responsável por cerca de 60% dos entupimentos na rede. Além dos transtornos causados pelo extravasamento de esgoto, quem mais se prejudica é o meio ambiente. Estima-se que em 1 litro de óleo causa a contaminação de 1 milhão de litros de água, provocando a morte de seres vivos aquáticos ao impedir a passagem da Qluz e a circulação de oxigênio na água”, reforça. 

Serviço – Aqueles que separam e querem destinar o óleo de cozinha de forma correta podem entrar em contato com o Instituto Caturama pelo telefone do Disk Coleta (77) 9.8814.8273, ou se dirigir aos seguintes pontos em Barreiras: 


·   Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) - Av. ACM, 898, Sandra Regina.


·        IFBA - Rua Gileno de Sá Oliveira, 271, Recanto dos Pássaros.


·        Colégio Gauss - Rua Severino Vieira, 68, Centro. 


 


Assessoria de Comunicação da Embasa

Unidade Regional de Barreiras (UNB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário