Polícia afirma que ciúme foi motivo da morte de pediatra em BarraBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)

25 de out. de 2021

Polícia afirma que ciúme foi motivo da morte de pediatra em Barra

A Polícia Civil da Bahia concluiu que a motivação para o assassinato do médico pediatra, Júlio César de Queiroz Teixeira, foi ciúme por parte do pai de um paciente da vítima. De acordo com o órgão, durante uma coletiva nesta segunda-feira (25), o mandante do crime criou uma ação ilusória em que o profissional teria olhado para os seios da companheira dele durante uma consulta do filho do casal.


O acusado se entregou na última sexta-feira (23) na Delegacia Territorial de Barreiras, no entanto, permanece em silêncio. A conclusão do motivo para o homicídio foi resultado do inquérito policial que apurou circunstâncias e o depoimento dos envolvidos no assassinato.


A Polícia Civil reforçou de que essa suposta “olhada” do médico não aconteceu e que todos os interrogados exaltaram a excelente reputação da vítima, além disso, ele trabalhava com a esposa, uma enfermeira, na clínica. 


O mandante é investigado por participação em alguns homicídios na região de Barra e possuía uma relação abusiva com a companheira. “Pessoas ligadas ao acusado disseram que ele tinha olheiros para ficar perto da companheira e já tinha dito a ela que não aceitaria que tivesse outras relações”, disse o titular.


A diretora do Departamento de Polícia do Interior, delegada Rogéria da Silva Araújo informou que o acusado é temido na região por envolvimento com supostos crimes pesados e, que, as pessoas devem procurar as delegacias mais próximas para denunciar.


Fonte: Blog Bahia  / BNews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário