Bahia registrou 54 mortes de pacientes com cepa H3N2 da influenzaBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)

8 de jan. de 2022

Bahia registrou 54 mortes de pacientes com cepa H3N2 da influenza

 

A Bahia já registra 54 mortos no estado por conta da influenza A, do tipo H3N2. Foram 42 mortes em Salvador, 3 em Feira, 2 em Canavieiras, 1 em Valença, 1 em Laje, 1 em Teixeira de Freitas, 1 em Cabaceiras do Paraguaçu, 1 em Urandi, 1 em Sapeaçu e 1 em Camaçari, segundo boletim divulgado nesta sexta-feira (7) pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

A Sesab informou ainda que o estado tem 11 casos de pacientes com flurona, quando a pessoa está infectada simultaneamente com covid-19 e influenza. Os casos de flurona foram em cinco cidades e foram confirmados após o fim das investigações epidemiológicas e análises do Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA).

De acordo com o balanço, de 1º de novembro de 2021 até hoje, foram registrados 1661 casos de influenza A, do tipo H3N2, em 128 cidades do estado. Desses, 348 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), necessitando internação.

Covid-19

Já em relação à covid-19, nos seis primeiros dias do ano foram registrados 3097 novos casos da doença, com 48 mortes. Só ontem, foram 1288 novos casos, o maior número desde 12 de agosto do ano passado, quando foram registrados 1362 casos em 24 horas. 

Comparando os seis primeiros dias de janeiro desse ano com período similar em dezembro do ano passado, o aumento é de 14,6%. Comparando com novembro, o acréscimo foi de 37,4%.

A secretária Tereza Paim lembra que é preciso manter os cuidados como uso da máscara e evitar aglomerações nesse momento. Destaca ainda a importância de se vacinar. “É preciso que a população leve a sério as recomendações. O momento é crítico e pode se agravar ainda mais caso não tenhamos os cuidados necessários”, afirma.


Fonte: Blog Bahia  / Correio da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário