Embasa promove mobilização para o uso correto da rede de esgoto em BarreirasBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)

31 de jan. de 2022

Embasa promove mobilização para o uso correto da rede de esgoto em Barreiras

 Com faixas nos semáforos e entrega de material educativo no Centro Comercial, a população de Barreiras foi sensibilizada, no último sábado (29), para o uso correto da rede de esgoto durante o período chuvoso. As equipes da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) também percorreram os imóveis do bairro Antônio Geraldo entregando comunicado e conversando com quem estava na porta ou na rua sobre os transtornos gerados com o escoamento indevido de chuva e lixo pelos imóveis na rede de esgoto. Um carro de som também circulou, no final de semana na cidade, para disseminar a mensagem: "Revise as instalações do seu imóvel. Água de chuva na rua ou na drenagem e somente o esgoto na rede".

Ao receber um panfleto informativo, a moradora Francisca Alves Santos, 73, gostou de saber que a Embasa está fazendo este tipo de mobilização. “Nós, que já temos a rede de esgoto, temos que saber cuidar e fazer a nossa parte. Espero que tenha resultado junto àqueles que continuam usando errado”, afirma. Durante conversa com a equipe da Embasa, a moradora Maria Helena Souza Trindade, do bairro Antônio Geraldo, acredita que é fundamental este trabalho porta a porta nos pontos críticos. “Este ano, tivemos novamente água de chuva e os transbordamentos na rede de esgoto, algo que não víamos desde que passamos a ter essa infraestrutura. Este trabalho da Embasa de explicar para os moradores do bairro que não pode jogar chuva na rede esgoto vai ajudar a conscientizar quem ainda faz isso prejudicando todo o nosso bairro”, afirma.

O gerente regional da Embasa, Lucas de Moura Araújo, explica que o objetivo é fortalecer a mensagem para a população de que a água de chuva não deve ser lançada na rede de esgoto. “Este ano, que tivemos um volume maior de chuvas em Barreiras. O impacto desta contribuição indevida de água de chuva foi ainda maior, acarretando transtornos com os extravasamentos nas ruas e danos ao nosso sistema de esgoto. Muitos moradores ainda jogam a água que cai dos telhados e das calhas dos quintais para onde deveria ir só o esgoto. Estamos trabalhando nesta sensibilização para que os moradores revejam a estrutura dos seus imóveis para fazer esta separação. A água de chuva deve ir, obrigatoriamente, para a rua, ou para um sistema de drenagem, caso esteja disponível”, reforça.



Fonte: Blog Bahia  / Embasa

Nenhum comentário:

Postar um comentário