Em Ibotirama (BA), PRF recupera Fiat Siena furtado em São Paulo (SP) e prende condutor por receptaçãoBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)

7 de mar. de 2022

Em Ibotirama (BA), PRF recupera Fiat Siena furtado em São Paulo (SP) e prende condutor por receptação


O combate às fraudes veiculares é uma das áreas de atuação ordinária da PRF e ações pontuais são realizadas sempre que se constata uma maior incidência desse tipo de crime em determinadas regiões do país.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou na noite deste sábado (05), na BR 242, em Ibotirama, um automóvel Fiat/Siena que possuía registro de furto. A ação aconteceu durante fiscalização na altura do quilômetro 580 da rodovia.

Equipe da PRF realizava patrulhamento no trecho, quando abordou o veículo em razão de visível irregularidade de trânsito.

Durante os procedimentos de fiscalização e após consulta ao sistema informatizado, os PRFs constataram se tratar na realidade de um veículo furtado no ano de 2019, no estado de São Paulo.

 Aos policiais o condutor que trabalha como mecânico informou que adquiriu o carro há cerca de 3 meses e disse desconhecer as irregularidades.

Dada às circunstâncias, o motorista de 27 anos foi preso em flagrante delito pelo crime de receptação de veículo, previsto no art. 180 do Código Penal Brasileiro.

A ocorrência foi apresentada a autoridade policial da Delegacia de Polícia Judiciária local.

Sistema SINAL

Com o sistema SINAL, o cidadão que tiver seu veículo roubado, furtado, com perda de sinal, em seqüestro ou clonado, poderá fazer um cadastro do referido veículo no portal da PRF. Para cadastrar casos de roubo ou furto de veículos, as pessoas podem acessar o site www.prf.gov.br/sinal e inserir informações sobre o crime e as características do automóvel. De imediato, uma mensagem é enviada para os celulares dos policiais que estejam mais próximos da ocorrência, para auxiliar na recuperação do veículo. Vale ressaltar que o registro no sistema não substitui a confecção do Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.


Fonte: Blog Bahia / PRF BA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário