Estudos sobre Carbono no Oeste da Bahia são apresentados em workshopBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)

26 de abr. de 2022

Estudos sobre Carbono no Oeste da Bahia são apresentados em workshop

 

Como parte da programação dedicada à Conservação Nacional do Solo, cuja data oficial é comemorada no dia 15 de abril, a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), realizou na manhã desta terça-feira (26), um workshop para apresentação dos resultados dos estudos de Carbono realizados na região Oeste da Bahia em parceria com o Instituto Aiba, Solidaridad, Land Innovation Fund, Uneb e Abiove.

O encontro, sediado no auditório Aiba/Abapa, contou com a participação da equipe do Núcleo de Sustentabilidade, produtores rurais, técnicos, pesquisadores, professores e acadêmicos. Representando a diretoria da Aiba, o diretor executivo Alan Malinski deu as boas-vindas aos participantes do workshop e o gerente de Sustentabilidade, Enéas Porto, apresentou um vídeo explicativo sobre a importância do carbono para a produção de alimentos.

“Os resultados mostram que as áreas da região Oeste da Bahia apresentam um estoque de Carbono muito significativo. Esses estudos da Aiba e parceiros visam comprovar as boas práticas já executadas pelo produtor rural. A matéria orgânica que foi inserida nas áreas produtivas e os investimentos realizados no manejo do solo, fazem com que a nossa região seja essa referência de agricultura moderna e sustentável no País e no mundo”, destacou o analista ambiental do Núcleo de Sustentabilidade, Aloísio Júnior.

Durante o encontro, foram realizadas palestras partindo das temáticas: ‘Contextualização dos estudos de Carbono realizados no Oeste da Bahia’, ministrada pelo analista ambiental da Aiba, Aloísio Júnior, ‘Emissão de CO2 nos diferentes sistemas de Manejo de Grãos e Fibras da região Oeste da Bahia’, conduzida pelo professor da Uneb, Dr. Jorge da Silva Júnior, e ‘Linha de base do balanço de Carbono na produção de soja na região Oeste da Bahia’, apresentada pela especialista em Carbono da Solidaridad, Camila Santos.

Para o professor da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), Dr. Jorge da Silva Jr. esse estudo fortalece a importância da formação de novos manejos adequados para a região Oeste da Bahia. “Esses estudos são importantes para entendermos como práticas sustentáveis podem permitir, ainda mais, a elevação da produção, conservando as características do meio ambiente. Com isso, possibilita atividades de universidades em parceria com os produtores, para a geração de mais conhecimento sobre o assunto, que é o principal objetivo nesse momento”, explica.

A especialista em Carbono da Solidaridad, Camila Santos, falou sobre a relevância de parcerias para reforçar os estudos na região, que vão impulsionar as boas práticas agrícolas e a sustentabilidade. “Quando se fala em balanço de Carbono, fala-se sobre matéria orgânica no solo. Isto está diretamente relacionado à fertilidade, conservação, produtividade e, principalmente, de alimentar a resiliência da produção aos veranicos, visando o futuro do sistema agrícola”, aponta a profissional.

Durante o evento, foi aberto espaço para questionamentos dos participantes e, em seguida, houve o encerramento com a entrega da devolutiva aos produtores colaboradores. “Venho acompanhando esse trabalho da Aiba e parceiros, que é de extrema importância por agregar informações sobre o tipo de manejo que deve ser adotado para garantir a sustentabilidade do sistema agrícola. Isso garante a permanência no campo para as 

Nenhum comentário:

Postar um comentário