Coleta seletiva garante a subsistência de 30 famílias em Luís Eduardo MagalhãesBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)



26 de out. de 2022

Coleta seletiva garante a subsistência de 30 famílias em Luís Eduardo Magalhães

 


Com o simples ato de separar materiais recicláveis do lixo, como papelão, plástico, metal e vidro, mais de 30 famílias garantem a sobrevivência em Luís Eduardo Magalhães, através da Coleta Seletiva Solidária.

“É o nosso sustento e graças a Deus a população do município tem colaborado com a gente. Dependendo da quantidade de material que entra, a produção vai bem no final do mês, contou o presidente da Associação”, Jailson Souza.

Fortalecimento da Coleta Seletiva


Quanto mais material reciclável é separado pela população do município, maior o ganho das 30 famílias que dependem estritamente da renda gerada pela Associação.

Os bairros Cidade Universitária e Jardim Paraíso lideram o ranking de separação de lixo no município, segundo o presidente da Associação.

A Prefeitura vem realizando um trabalho de conscientização, para que as outras localidades também participem mais. E com o início da operação do aterro sanitário, marcada para 15 de novembro, a situação vai melhorar.

Convênio com a Prefeitura


Atualmente a Prefeitura por meio da Secretaria de Sustentabilidade custeia o funcionamento da ReciclaLEM, com R$ 360 mil ao ano, que também é utilizado no apoio logístico da Associação.

A ReciclaLEM realiza a triagem de 50 a 70 toneladas de materiais recicláveis por mês, itens que muitas vezes seriam descartados.

Contato


Entre em contato com a Associação pelo contato: (77) 99869-5294/ (77) 3628-6688.

Nenhum comentário:

Postar um comentário