Na Bahia, PRF registra aumento no número de autuações por uso de telefone celular ao volanteBlog Bahia - O Portal de Notícias do Oeste Baiano


27/01/2023

Na Bahia, PRF registra aumento no número de autuações por uso de telefone celular ao volante

 

Em 2022 mais de 1800 motoristas foram autuados pela conduta de manusear ou segurar o telefone celular ao dirigir

A Polícia Rodoviária Federal, com presença constante nas rodovias,  durante as suas atividades de fiscalização direciona as ações para a identificação de condutas infratoras que podem ocasionar acidentes de trânsito. Em 2022 foram aplicados mais de 200.000 autos de infração, com destaque para as infrações de ultrapassagens indevidas, não utilização de capacete, condutores e passageiros sem cinto de segurança, crianças sem dispositivos de retenção e, também, condutores manuseando ou segurando o telefone celular.

Com relação a esta última, foi registrado um aumento de 5% com relação ao ano anterior, com a realização de mais de 1800 autos devido a esta conduta.

A direção veicular é uma atividade que exige total atenção do motorista, devido aos riscos existentes da ocorrência de acidentes de trânsito. Checar uma mensagem que chega no celular enquanto dirige parece uma ação simples, mas tem um grande impacto na segurança viária. O telefone celular é um equipamento que tira o foco do condutor da pista, retardando os seus reflexos, e contribuindo para que ocorra uma colisão.

A Polícia Rodoviária Federal vem trabalhando este tema principalmente nas suas ações educativas, na busca de conscientizar os condutores sobre os riscos existentes no manuseio do celular, para futuramente reduzir esse tipo de conduta e alcançar um  trânsito mais seguro.

A infração de trânsito

O Código de Trânsito Brasileiro estabelece que o ato de  manusear ou segurar o aparelho telefônico durante a direção veicular é uma infração gravíssima, gerando 7 pontos na carteira e uma multa de R$ 293,47. Importante ressaltar, que o prejuízo financeiro não se compara aos grandes riscos que podem ser ocasionados por essa conduta.


Fonte: Blog Bahia  /  PRF

Nenhum comentário:

Postar um comentário