Baianos desenvolvem petisco para cachorros à base de farinha de casca do ovoBlog Bahia - O Portal de Notícias do Oeste Baiano


14/11/2023

Baianos desenvolvem petisco para cachorros à base de farinha de casca do ovo

  

O ovo é um dos produtos mais consumidos pela população brasileira. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o consumo anual de ovos por habitante no Brasil é de cerca de 242 unidades. Com a alta demanda, as cascas vão para o lixo, o que pode trazer impactos negativos ao meio ambiente. Para ajudar no reaproveitamento desse alimento, um grupo de estudantes do nível técnico do Centro Territorial de Educação Profissional do Médio Rio das Contas (CETEP-MRC), sob orientação de Rosilma Silva, elaborou um petisco para cachorros da casca do ovo.

O petisco é desenvolvido a partir da farinha da casca do ovo, produzida pelos próprios estudantes. O produto também contém outros ingredientes como farinha de aveia, farinha de trigo integral, banana e o próprio ovo. “Os petiscos são alimentos enriquecidos com cálcio, contribuindo para suplementação desse mineral na dieta de cães, auxiliando também no fortalecimento e manutenção muscular do animal”, afirma.

A orientadora explica que a equipe desenvolveu um produto, que já foi submetido a testes, livres de químicos. “O Snack dog tem como diferencial a utilização de ingredientes 100% naturais. O petisco foi testado em cachorros dos próprios estudantes e de colegas da escola. A versão inicial do petisco é indicada para cães, pois possui banana em sua composição, um alimento apreciado por esse tipo de animal e é indicado para dietas alimentares naturais”.

Rosilma Silva chama a atenção para a importância do reaproveitamento de alimentos como a casca do ovo. “As cascas do ovo, ao serem jogadas em aterros ou lixões, causam contaminação microbiana e problemas ambientais devido à biodegradação da membrana da casca. Logo, os aproveitamentos contribuem para evitar problemas relacionados ao meio ambiente”.

De acordo com a professora, no próximo ano, os estudantes irão executar novas ideias. “Nossa intenção é produzir outras versões do petisco, com outros sabores, e testar um petisco com a farinha da casca do ovo também para gatos”. A equipe é composta pelos alunos do Curso Técnico em Zootecnia, Davi Souza, Petra Ribeiro, Rodrigo Oliveira e Thalisson dos Santos, e do curso Técnico em Biotecnologia, Lorhana Stephani.

Bahia Faz Ciência

A Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) estreou no Dia Nacional da Ciência e do Pesquisador Científico, 8 de julho de 2019, uma série de reportagens sobre como pesquisadores e cientistas baianos desenvolvem trabalhos em ciência, tecnologia e inovação de forma a contribuir com a melhoria de vida da população em temas importantes como saúde, educação, segurança, dentre outros. As matérias são divulgadas semanalmente, sempre às segundas-feiras, para a mídia baiana, e estão disponíveis no site e redes sociais da Secretaria. Se você conhece algum assunto que poderia virar pauta deste projeto, as recomendações podem ser feitas através do e-mail ascom@secti.ba.gov.br.



 Fonte: Blog Bahia  / Ascom SECTI

Nenhum comentário:

Postar um comentário