Censo 2022: Bahia segue como estado com maior proporção de pessoas pretas no Brasil, aponta IBGEBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)


22 de dez. de 2023

Censo 2022: Bahia segue como estado com maior proporção de pessoas pretas no Brasil, aponta IBGE

 Municípios baianos ocupam nove das 10 colocações do ranking de cidades brasileiras em que pessoas pretas são predominantes.

A Bahia segue como o estado do Brasil com maior proporção de pessoas pretas, conforme aponta o Censo de 2022. O material foi divulgado nesta sexta-feira (22), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No último estudo, feito em 2010, o estado já aparecia como o mais negro do país. Nos últimos 12 anos, a porcentagem das pessoas que se autodeclaram pretas aumentou de 17,1% para 22,4%.

O aumento das auto declarações de pessoas pretas foi o segundo maior do país em números absolutos, perdendo apenas para São Paulo.

Com isso, em 2022 a Bahia passou a integrar nove das 10 colocações do ranking de municípios brasileiros em que as pessoas pretas são predominantes. O ranking leva em consideração a população total das cidades - por isso Salvador não está na lista, já que é a capital com maior proporção de pessoas pretas.

Na lista nacional, os baianos só perderam o primeiro lugar para Serrano do Maranhão, onde 58,8% das pessoas se consideram negras.

Confira o ranking nacional:

👉 1º lugar: Serrano do Maranhão (MA) – 58,8%

👉 2º lugar: Antônio Cardoso (BA) – 55,1%

👉 3º lugar: Ouriçangas (BA) – 52,8%

👉 4º lugar: Cachoeira – 51,8%

👉 5º lugar: Santo Amaro – 50,9%

👉 6º lugar: Conceição de Feira – 50,3%

👉 7º lugar: São Francisco do Conde – 49,9%

👉 8º lugar: Pedrão – 49,7%

👉 9º lugar: Salinas da Margarida – 47,1%

👉 10º lugar: São Gonçalo dos Campos – 47%

A composição do ranking foi uma grande transformação, já que em 2010 apenas Antônio Cardoso integrava a lista, com 50,7% da população preta.

Predominância parda

A maior parte da população baiana, mais precisamente 57,3%, se autodeclarou parda em 2022. Isso significa que 6 a cada 10 habitantes do estado se consideram pardos. Dos 417 municípios baianos, 407 tem predominância parda.

Os maiores índices foram registrados em:

👉 Pedro Alexandre (87,3%)

👉 Mansidão (83,1%)

👉 Ibiquera (77,2%)

Apesar do índice alto, a predominância da população parda diminuiu na Bahia: em 2010, eram 411 dos 417 municípios.

Apenas dois municípios baianos têm predominância branca. Confira:

👉 Dom Basílio (50,9%), no sudoeste da Bahia.

👉 Ipupira (49,2%), no oeste da Bahia.



Fonte: Blog Bahia  /  G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário