Janeiro Roxo: Secretaria de Saúde de Barreiras realiza ações de conscientização e combate a HanseníaseBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)


10 de jan. de 2024

Janeiro Roxo: Secretaria de Saúde de Barreiras realiza ações de conscientização e combate a Hanseníase

 

Neste mês de conscientização sobre a hanseníase, a Prefeitura de Barreiras tem liderado uma série de iniciativas para combater e prevenir esta doença infectocontagiosa, capaz de afetar nervos periféricos, mucosas e a pele dos pacientes. Através da Vigilância Epidemiológica (Viep), da Secretaria de Saúde, desde o dia 8, várias ações têm sido realizadas nas Unidades de Saúde do Jardim Ouro Branco, Herculano Farias, Emilly Raquel, Maria Santana, CAIC e Arboreto, com atividades informativas para a comunidade.

As salas de espera foram transformadas em espaços de orientação, destacando os cuidados e a importância do controle da hanseníase. O encerramento das atividades será no dia 31, quando será realizada uma apresentação do fluxograma e a abordagem do teste rápido para toda a equipe da rede de Atenção Primária de Saúde e Vigilância Epidemiológica. Barreiras se destaca na região Oeste como pioneira no uso de testes rápidos como ferramenta de monitoramento de comunicantes.

Os primeiros testes rápidos ocorreram em abril de 2023, no Laboratório Municipal de Análises Clínicas do Centro de Saúde Leonídia Ayres de Almeida, local que também abriga o Programa de Prevenção à Hanseníase. Atualmente, o programa oferece tratamento e acompanhamento médico a 101 pacientes de Barreiras e região. “Os testes rápidos permitem um monitoramento mais eficaz da doença, reduzindo a incidência de sequelas e garantindo uma vida mais tranquila para os pacientes”, destaca a coordenadora da Viep, Carla Angélica.

A secretária de Saúde do município, Jamile Rodrigues explica que todas as iniciativas tanto do Janeiro Roxo, quanto as do Programa de Hanseníase demonstram o comprometimento da Prefeitura de Barreiras na luta contra a doença e na melhoria da qualidade de vida dos pacientes afetados por essa condição. “Nossas equipes recebem qualificação e treinamento para oportunizar aos pacientes todo o apoio necessário desde o diagnóstico até o manejo clínico da hanseníase, isso ocorre no Leonídia Ayres e também nas demais unidades de saúde. ”, finaliza.



Fonte: Blog Bahia  / DIRCOM, Prefeitura de Barreiras

Nenhum comentário:

Postar um comentário