Academia Barreirense de Letras tem nova diretoriaBLOG BAHIA

11 de nov. de 2019

Academia Barreirense de Letras tem nova diretoria

O professor e escritor Valney Dias Rigonato foi eleito o novo presidente da Academia Barreirense de Letras (ABL) e deverá assumir o cargo em fevereiro de 2020, em substituição à também professora e escritora Ananda Lima, em mandato que termina no final de 2021.

A academia, criada em 2005 sob a liderança do médico e escritor Luiz Gonzaga Pamplona, reúne autores de Barreiras de diversas áreas de atuação, com o objetivo de fortalecer a cultura da arte escrita na cidade.

Natural de Goiás, o novo presidente é licenciado, mestre e doutor em Geografia pelo Instituto de Estudos Socioambientais da Universidade Federal de Goiás – IESA/UFG, agregando diversas outras formações.

Em Barreiras é professor do curso de Geografia do Centro das Humanidades da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) e lidera vários grupos de pesquisas voltadas principalmente à área ambiental e Geografia Escolar e Humana.

Segundo Rigonato, a nova diretoria deve dar continuidade às ações já implementadas pela ABL, como participação da Flib, realização da Roda de Conversa e Poesia na Praça, Concurso Literário de Poesias, projeto Cartas para a Vida, dentre outros. Também é meta a garantia de um espaço definitivo para a academia desenvolver seu trabalho cultural.

Além de Valney Rigonato fazem parte da nova diretoria a jornalista Miriam Hermes como vice-presidente, a professora e escritora Ignez Pita de Almeida como primeira secretária e o músico e cordelista Robson Batista como segundo secretário.

Carlos Abdon e José Tenório de Souza vão assumir como primeiro e segundo tesoureiros, respectivamente. Fazem parte do conselho fiscal Durval Nunes, Celso Lacerda, Vivaldo Mota, Ananda Lima e Roseneide Spies.

Fonte: Blog Bahia / Jornal Nova Fronteira

Nenhum comentário:

Postar um comentário