Bolsonaro desiste de dar subsídio à conta de luz de igrejasBlog Bahia

16 de jan. de 2020

Bolsonaro desiste de dar subsídio à conta de luz de igrejas

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quarta-feira (15) que suspendeu “qualquer negociação” sobre a possibilidade de dar subsídio à conta de luz de templos religiosos de grande porte.

De acordo com o líder do Executivo brasileiro, a decisão foi ratificada após uma reunião com o missionário R.R. Soares, líder da Igreja Internacional da Graça de Deus, e o deputado Silas Câmara (Republicanos), pastor da Assembleia de Deus, dos representantes da bancada evangélica no Congresso.

Apesar do recuo da proposta, Bolsonaro defendeu sua viabilidade, afirmando que “o impacto [financeiro] seria mínimo na ponta da linha” – em um afago ao eleitorado evangélico, o presidente frisou que o veto ao subsídio partiu da equipe econômica.

“O impacto seria mínimo na ponta da linha, mas a política da economia é não ter mais subsídio. Falei com eles [religiosos] que está suspensa qualquer negociação nesse sentido.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário