LEM: Prefeitura atua de forma coordenada para dar resposta a surto de Dengue no MunicípioBlog Bahia

15 de fev. de 2021

LEM: Prefeitura atua de forma coordenada para dar resposta a surto de Dengue no Município

 

Luís Eduardo Magalhães vive um surto de Dengue e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Município tem sentido o reflexo do descaso com a saúde preventiva da cidade nos últimos quatro anos. 


O cenário de superlotação percebido nos últimos dias na unidade, são na sua maioria de casos de Dengue, Zika e Chikungunya. Até o dia 12 de fevereiro, foram notificados 232 casos suspeitos dessas doenças em Luís Eduardo e as notificações continuam chegando. 


Todos os anos, os municípios precisam realizar seis ciclos do Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti, o LIRAa. Luís Eduardo não concluiu nenhuma dessas etapas. 


Para corrigir essas anomalias, a gestão atual tem realizado diversas ações. 


Para desafogar a UPA e separar as emergências dos casos suspeitos das três arbovirores, entregou à população neste sábado (13), o Plantão de Atendimento da Dengue, que apenas no primeiro dia de trabalho realizou 115 atendimentos.


Uma estrutura completa, com área de triagem, sala de espera, consultório médico, atendimento de enfermagem e sala de coleta de material para exames e medicação.


"Nós temos muitas demandas reprimidas de atendimentos que não foram realizados no ano passado. Além disso, a gente se depara com um surto de Dengue, Zica e Chikungunya na nossa cidade. Então por conta disso nós montamos aqui um plantão para atender todas essas famílias, para que a gente separe o atendimento da UPA, dessa outra demanda", pontuou o prefeito Júnior Marabá. 


A reestruturação da Atenção Básica do Município também tem sido uma preocupação desde os primeiros dias de Governo. Atualmente, 17 unidades já estão realizando atendimento com médico, e até o dia 25 de fevereiro, todas os 20 postos estarão em pleno funcionamento. O que já reflete na diminuição de pessoas que buscam a UPA com sintomas leves. 


Paralelo a isso, as equipes da Secretaria de Infraestrutura têm realizado a limpeza das áreas verdes do Município, para eliminar possíveis focos do mosquito. 


"E no dia 05 de fevereiro, publicamos o Decreto 148/2021 que responsabiliza cada proprietário de lote a fazer a limpeza do seu lote, do seu terreno. Porque limpeza de lote, também é saúde pública". 


A população precisa se conscientizar da importância de todos no combate à Dengue. Luís Eduardo vive uma situação grave, inclusive com o registro do 1° óbito por Dengue. O caso se refere a um paciente do sexo masculino, de 41 anos, sem comorbidades, morador do bairro Mimoso 2. 


Trabalho de campo


A Prefeitura divulgou na última sexta-feira (12), o processo seletivo para a contratação de 40 Agentes de Endemias, desses, 20 para início imediato e 20 para cadastro reserva. As inscrições acontecem nesta terça-feira (16), na Escola Municipal José Cardoso de Lima. Das 9h às 12h e das 14h às 17h.


A medida prevê suprir uma necessidade antiga do Município. Atualmente temos apenas 10 Agentes em campo na cidade.


O objetivo é que toda a equipe comece a atuar o mais breve possível. "Temos pressa para agilizar esse processo e dar uma resposta satisfatória à comunidade", disse o prefeito. 


Minha Rua Limpa - Definido o início do programa 'Minha Rua Limpa' para os dias 19 e 20 de fevereiro. 


No dia 19 de fevereiro será realizada a conscientização através de um carro de som e do trabalho dos agentes de Endemias e Saúde, no bairro Santa Cruz.


No dia 20 de fevereiro, acontece o recolhimento do material deixado em frente às casas pela população. O serviço será realizado pela secretaria de Infraestrutura e pelo caminhão da coleta seletiva, da Secretaria de Meio Ambiente.



Fonte: Blog Bahia  / Ascom, Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário