Polícia Civil de LEM elucida crime de homicídio consumado que vitimou empresário conhecido como "Chiquinho do Açaí"Blog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)


22 de dez. de 2021

Polícia Civil de LEM elucida crime de homicídio consumado que vitimou empresário conhecido como "Chiquinho do Açaí"

  


O Setor de Investigação da Delegacia Territorial de Polícia de Luís Eduardo Magalhães – 11ª COORPIN/BARREIRAS, sob comando do DPC Joaquim Rodrigues de Oliveira, elucidou o crime de homicídio consumado que vitimou o empresário Francisco Wellison da Cruz Cardos, conhecido como “Chiquinho do Açaí”, assassinado no último dia 15/12/2021.

Segundo os elementos de prova já produzidos no Inquérito Policial instaurado pelo DPC Joaquim Rodrigues de Oliveira, o operador de máquinas J. E. S. S, confessou ser o autor dos 05 disparos de arma de fogo que atingiram e foram a causa eficiente da morte do empresário “Chiquinho do Açaí”, apresentando como motivação supostas ameaças de morte proferidas pela vítima, todavia, as imagens de segurança do local do crime mostram autor e vítima ingerindo bebida alcoólica normalmente.

O crime contou, ainda, com a participação de L. C. D. D, vulgo “Cibely”, namorada de J. E. S. S, a qual, segundo o próprio investigado, foi a responsável por ir até sua residência e buscar a arma de fogo utilizada por ele para praticar o crime de homicídio consumado que vitimou “Chiquinho do Açaí”. A investigada L. C. D. D, após o crime, fugiu de Luís Eduardo Magalhães e se encontra em local incerto.

Por último, o laudo necroscópico da vítima “Chiquinho do Açaí” apontou que ele foi atingido por 05 disparos de arma de fogo, dos quais 04  atingiram a região da cabeça e das costas, todos eles cujo orifício de entrada apontou que os projéteis atingiram a vítima por trás, impossibilitando qualquer recurso de defesa.


Fonte: Blog Bahia  /  DPC Joaquim Rodrigues de Oliveira, Delegacia Territorial de Luís Eduardo Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário