Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães promoveu nesta terça-feira (01), o 1° Encontro da Agricultura Familiar SustentávelBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)

2 de fev. de 2022

Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães promoveu nesta terça-feira (01), o 1° Encontro da Agricultura Familiar Sustentável

O agricultor Rubens de Sá produz há 20 anos em Luís Eduardo Magalhães, na comunidade de Vereda Alegre. Com a sua documentação em dia, participa do Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE), fornecendo tapioca e rapadura para a merenda do município. 

"É muito importante fazer parte da DAP, do PRONAF, das linhas de crédito e de financiamento, vendendo os nossos produtos que são feitos de forma artesanal, para os governos federal, estadual e municipal", contou. 

Como o senhor Rubens, outros trabalhadores rurais buscam essa oportunidade de crescimento. E com o objetivo de implantar o manejo sustentável em Luís Eduardo Magalhães,  a Prefeitura, através da Secretaria de Agricultura, em parceria com a Biocross, promoveu nesta terça-feira (01), o 1° Encontro da Agricultura Familiar Sustentável. 

O evento reuniu agricultores das Vila I, II e IV, Nova Esperança, Bom Recreio, Vereda Alegre e Terra Gentil. 

O secretário de Meio Ambiente, Jefferson Café prestigiou o encontro e falou da importância da parceria com a Agricultura.

"O objetivo é desmistificar a questão de que o Meio Ambiente é inimigo do agricultor, orientando os produtores sobre as medidas e cuidados que eles devem ter com o meio ambiente, inclusive com a adoção de boas práticas agronômicas", pontuou. 

Selo Municipal da Agricultura Familiar Sustentável
O secretário de Agricultura, Kenni Henke anunciou o lançamento do Selo da Agricultura Familiar Sustentável, que vai identificar a origem do que é produzido em Luís Eduardo. 

A expectativa é de que nessa primeira etapa, 45 agricultores recebam o Selo, seguindo critérios como uso racional da água, preservação de áreas de Proteção e reservas.

"A partir desse momento, nós vamos trabalhar para sermos sustentáveis, buscando corrigir todos os problemas que existem, independente da época em que foi criado",explicou Kenni. 

"Nós estamos fechando o ciclo, não adianta apenas produzir e não vender. Também trouxemos quem compra, para entender o nosso processo de produção",concluiu. 

Também participaram do evento, os representantes da Biocross, Matheus Castro, Luciano Rodrigues e Michel Guimarães. E o gerente de Agricultura, Maicon Padovan.


Fonte: Blog Bahia  / Ascom, Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães

Nenhum comentário:

Postar um comentário