São Desidério: Incêndio de grandes proporções atinge área de vegetação no oeste da Bahia; fogo chegou em fazendasBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)



13 de out. de 2022

São Desidério: Incêndio de grandes proporções atinge área de vegetação no oeste da Bahia; fogo chegou em fazendas

 

Chamas surgiram há uma semana e já afetou áreas que fazem parte de propriedades privadas em São Desidério.

 

Um incêndio de grandes proporções atinge uma extensa área de vegetação da zona rural de São Desidério, no oeste da Bahia. De acordo com a Brigada Municipal, o fogo começou há uma semana e já invadiu áreas de fazendas.

Ainda não se sabe o que causou as chamas e nem o tamanho da área queimada. Também não há detalhes de quantas propriedades privadas foram atingidas, nem se animais foram mortos.

Segundo Gilmar Francisco dos Anjos, chefe da Brigada de São Desidério, equipes conseguiram controlar o fogo nas áreas próximas aos povoados de Ilha do Vítor, Almas, Cabeceira Grande e Timbó, onde ficam muitas fazendas. Apesar disso, a situação ainda não está controlada.

Por causa da gravidade da situação, os brigadistas receberam, na última segunda-feira (10), o reforço de 15 agentes do Corpo de Bombeiros, oriundos do município de Barreiras, a menos de 30 km de São Desidério.

Barreiras é uma das quatro cidades baianas que contam com postos de combate a incêndios florestais na Bahia. As outras unidades do Corpo de Bombeiros ficam em Lençóis (Chapada Diamantina) , Juazeiro (região norte) e Vitória da Conquista (região sudoeste). Cada uma delas atende a um grupo de municípios.

Barreiras é uma das quatro cidades baianas que contam com postos de combate a incêndios florestais na Bahia. As outras unidades do Corpo de Bombeiros ficam em Lençóis (Chapada Diamantina) , Juazeiro (região norte) e Vitória da Conquista (região sudoeste). Cada uma delas atende a um grupo de municípios.

Em condições normais, as bases contam com 193 pessoas, que receberam reforço de 23 militares no início dessa semana. A medida foi adotada devido ao aumento do número de queimadas no estado, problema que acontece historicamente entre os meses de setembro e dezembro, por causa da seca.

O objetivo do grupo é evitar o surgimento de queimadas nas matas e atuar contra a proliferação. A ação conta também com a participação da Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema) e a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec).


Fonte: Blog Bahia  / G1 BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário