Secretaria de Segurança e Trânsito de Luís Eduardo Magalhães apresenta balanço de 2022 Blog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)



22 de dez. de 2022

Secretaria de Segurança e Trânsito de Luís Eduardo Magalhães apresenta balanço de 2022

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, através da Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito apresentou na manhã desta quinta-feira (22), o balanço das ações desenvolvidas ao longo do ano de 2022, que resultou na diminuição do número de ocorrências de trânsito, nos principais cruzamentos do município. A pasta também divulgou os dados dos chamados à Guarda Civil Municipal (GCM). 

esultados na diminuição dos acidentes com vítimas

O investimento da gestão municipal em mobilidade urbana tem refletido em resultados importantes e preservado a vida de muitos luiseduardenses. Em 2022, o número de ocorrências registradas foi de 998, uma diminuição significativa em comparação ao ano de 2021, quando segundo a Sutrans registrou 1.387 ocorrências. 

Confira:

- 2021 - 329 (com vítimas)

- 2022 - 247 (com vítimas)

Uma redução de 82 acidentes. 

Dados por cruzamentos

Avenida Salvador/JK

Nos primeiros três meses de 2021,foram registradas 14 ocorrências, destas, 10 com vítimas;

Após a instalação dos semáforos, foram registradas 03 ocorrências sem vítimas. 

Avenida Brasília/Barreiras

Em 2021, foram registradas 15 ocorrências;

Após as mudanças na mobilidade, foi registrado 01 acidente sem vítima. 

São Francisco/Brasília

Sem informações anteriores;

Após a instalação dos semáforos, Nenhuma ocorrência registrada. 

O trabalho abrangente da GCM em LEM

A Guarda Civil Municipal (GCM) tem realizado um trabalho ostensivo, através da ROMU, educativo, por meio do Grupamento de Proteção Ambiental (GPA), além de um auxílio importante de proteção às mulheres vítimas de violência doméstica, dando suporte ao CAM, Centro de Apoio à Mulher. E com o desenvolvimento do Botão do Pânico, dispositivo eletrônico para mulheres do município com medidas protetivas e acompanhadas pelo CAM. 

Em 2022 o número total de chamados foi de 772, liderado por som alto e perturbação do sossego, seguido por outras ocorrências e em terceiro lugar chamados ligados à Lei Maria da Penha. Atualização são 72 mulheres cadastradas no Botão do Pânico. Em 2022, foram 15 chamados e cinco (05) apresentações ao Dispositivo de Segurança Pública (Disep).






Nenhum comentário:

Postar um comentário