Mais três instituições sociais de Luís Eduardo comemoram entrega de projetos financiados com recursos do FundesisBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)


21 de dez. de 2023

Mais três instituições sociais de Luís Eduardo comemoram entrega de projetos financiados com recursos do Fundesis

 

Para os participantes das instituições Igreja Missionária Unida do Santa Cruz, do Projeto Meninos do Nosso Brasil e da Associação Beneficente Mão Amiga, sediadas em Luís Eduardo Magalhães, a quarta-feira 20, foi um dia diferente, repleto de alegria e gratidão aos produtores rurais do Oeste da Bahia, que por meio dos recursos aplicados no Fundo para o Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Bahia (Fundesis) e gerido pelo Instituto Aiba, entregaram importantes obras.

A primeira entrega pelo Fundesis, durante a manhã, foi realizada na Igreja Missionária Unida do Santa Cruz, onde por meio do projeto Escola de Artes Reobote, foi possível a construção de uma sala, manutenção de salas antigas e aquisição de aparelho de ar-condicionado. Essa é a primeira vez que a instituição concorreu ao projeto que atende uma média de 150 crianças e adultos. Alunos e professores apresentaram amostras de balé, street dance, poesia e jiu jitsu, algumas das modalidades ofertadas na escola. “São muitos os pais que nos relatam a satisfação de terem seus filhos participando conosco das aulas de artes. Nossa palavra é gratidão aos produtores rurais e ao Fundesis que é referência em todo o Oeste da Bahia”, disse a coordenadora da instituição Marildes Brito.

Outra conquista foi comemorada na Associação Meninos do Nosso Brasil, entre as mais de 100 crianças atendidas que a partir de agora dispõem de instalações apropriadas para o desenvolvimento das atividades. “Em 2019 conseguimos o terreno da sede, mas não tínhamos recursos, então conhecemos o Fundesis que nos deu um impulso maior, e hoje temos a alegria de inaugurar essa estrutura. Graças a Deus, existe o Fundesis”, afirma o presidente do projeto, Nilto César.

E para concluir a programação, à tarde, foi a vez da Associação Beneficente Cristã Mão Amiga celebrar a entrega da obra do projeto Ensinando para transformar vidas: complementação da construção do galpão. A associação funciona desde 2018 e tem um público de mais de 100 crianças e adolescentes. “Chegamos na Bahia em 1986 e estamos felizes pelo que construímos. Hoje a Mão Amiga tem muitos colaboradores e parceiros, como o Fundesis e a Aiba. Nosso sentimento é de gratidão em ver o trabalho se solidificando e isso oportuniza mudanças para as crianças”, revela a coordenadora da instituição, Rose Veras. 

“Estamos felizes e satisfeitos por ter conseguido inaugurar mais três projetos hoje, financiados com recursos do Fundesis, totalizando mais de 300 pessoas beneficiadas com este investimento do produtor rural, que tem transformado vidas e contribuído com responsabilidade social em todo o Oeste da Bahia”, concluiu o presidente da Aiba, Odacil Ranzi. Também prestigiaram as inaugurações, o diretor financeiro da Aiba, Hélio Hopp, a coordenadora do Fundesis, Aléssia Oliveira e o auxiliar de negócios do Banco do Nordeste, Herbert Souza.


Fonte: Blog Bahia  / Ascom Aiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário