Agricultores do oeste baiano intensificam as ações de preservação dos recursos hídricos na Semana Nacional da ÁguaBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)


23 de mar. de 2024

Agricultores do oeste baiano intensificam as ações de preservação dos recursos hídricos na Semana Nacional da Água

 

Em comemoração ao Dia Mundial da Água, produtores rurais do oeste baiano, região de grande abundância de recursos hídricos, unem esforços por meio do Núcleo de Sustentabilidade da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), para incentivar o uso consciente e a preservação da água. Entre os dias 18 e 22 de março, uma série de atividades estão sendo realizadas, destacando a importância da preservação dos recursos hídricos e do ecossistema local.

A semana iniciou com a evolução dos estudos sobre o aquífero Urucuia, ações integradas ao Programa de Monitoramento Hídrico, desenvolvido em parceria com Universidades e o Estado da Bahia, e contempla o monitoramento do Aquífero Urucuia e dos mananciais hídricos superficiais, visando otimizar o uso da água, garantir a segurança hídrica e promover práticas sustentáveis em toda a região.

Uma das iniciativas que o programa de monitoramento contempla é o teste de bombeamento. “Estamos iniciando a etapa de monitoramento hídrico a realização de testes de bombeamento com duração de 120 horas com o objetivo de identificar se há interferência entre poços, veredas, Áreas de Preservação Permanentes (APP’s) e mananciais hídricos visando o uso sustentável dos recursos hídricos superficiais, subterrâneos e manter a sustentabilidade da região Oeste, destacou a analista ambiental da Aiba, Glaucia Araújo.

Esses estudos representam uma oportunidade significativa para os produtores rurais, obterem informações específicas, conhecerem a disponibilidade hídrica e a interferência do seu uso na produção agrícola, fornecendo-lhes acesso a informações importantes e auxiliares para a tomada de decisões que convergem para a sustentabilidade e segurança hídrica.

Projeto Nascentes do Oeste – Como parte do Projeto Nascentes do Oeste, mantido pela Aiba, foram conduzidas ações de educação ambiental e recuperação de nascentes. Além disso, 195 mudas de espécies nativas do Cerrado foram doadas para o reflorestamento de nascentes e veredas no município de São Desidério, contribuindo significativamente para a proteção e conservação do meio ambiente na região.

Também foram ministradas palestras sobre os temas ‘Conhecendo a Geologia e os Recursos Hídricos de Formosa do Rio Preto’, nas escolas municipais Coração de Jesus e José Alexandre, em Formosa do Rio Preto, e na Escola Municipal Antônio Carlos Magalhães Neto, na comunidade de Mucambinho, em Angical, palestra com o tema ‘Conhecendo a geologia e os recursos hídricos de Angical’.

“O propósito dessas ações é levar o conhecimento sobre as nascentes, rios e sensibilizar os alunos e comunidade escolar sobre a importância e necessidade de preservar esses recursos hídricos no meio em que vivem”, destacou o analista ambiental da Aiba, Artur Ribeiro. Na quinta-feira (21), na sede do Inema em Barreiras, colaboradoras do setor de Sustentabilidade da Aiba participaram da XLIII Plenária Ordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Grande (CBHRG), órgão ao qual a associação tem representatividade, oportunidade em que foi discutido como pauta principal a qualidade das águas superficiais.  No dia 22 de março, data Mundial da Água, foram realizadas palestras sobre ‘Uso Eficiente da Água e Sustentabilidade’, para colaboradores de fazendas na região de Roda Velha, em São Desidério.

Essa abordagem proativa propicia benefícios intrínsecos e extrínsecos ao processo produtivo, promovendo o engajamento de diversos segmentos da sociedade proporcionando a continuidade e perenidade das ações benéficas aos recursos hídricos e ao meio ambiente.



Fonte: Blog Bahia  / Ascom Aiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário