Irecê celebra a expansão do Hospital Mário Dourado Sobrinho, com 67 novos leitos, sendo 35 de UTI, e um centro de parto normalBlog Bahia (O Portal de Notícias do Oeste Baiano)


18 de mar. de 2024

Irecê celebra a expansão do Hospital Mário Dourado Sobrinho, com 67 novos leitos, sendo 35 de UTI, e um centro de parto normal

 

investimento do Governo do Estado superior a R$ 19 milhões entre obras e equipamentos, o Hospital Regional Dr. Mário Dourado Sobrinho, em Irecê, ganha, a partir deste domingo (17), 67 novos leitos, sendo 35 de terapia intensiva (UTI), e um centro de parto normal (CPN). A entrega foi realizada pelo governador Jerônimo Rodrigues, acompanhado da secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana.

Ao todo, a unidade passa a contar com 186 leitos, representando um marco significativo na capacidade e qualidade do atendimento oferecido aos mais de 700 mil habitantes dos 38 municípios da região de Irecê. Além disso, o hospital recebeu uma nova ambulância.

O governador lembrou de seu compromisso de ampliar os serviços voltados para a população feminina na região, especialmente no mês destinado às mulheres. "Estamos dando a garantia de que, aqui, será feito todo o serviço de parto, inclusive aqueles mais complexos. Serão contratados mais cem profissionais das diversas áreas para acompanhar. Desde pessoas que vão acompanhar o psicológico da mãe, da família, e outros profissionais de primeira mão. Nós chegaremos a, aproximadamente, mil funcionários trabalhando aqui. Hoje, temos uma agenda de cuidado, dirigida, muito em especial, às mulheres, que são quem mais sabem e sentem a importância de termos um equipamento desse em Irecê”, comemora Jerônimo.

“Estamos, simultaneamente, aumentando a capacidade de atendimento e elevando o padrão dos serviços médicos oferecidos, tanto pela contratação de aproximadamente 100 novos profissionais, dentre médicos, enfermeiros e técnicos, seja pela oferta de 10 novos leitos de UTI adulto, 10 leitos de terapia intensiva neonatal e 15 leitos de cuidado intermediário neonatal Canguru e convencional”, completa a secretária Roberta Santana. 

Outra boa notícia é a implantação de um centro de parto normal (CPN), que é um marco significativo na qualidade e humanização do atendimento à saúde materno-infantil. “O CPN representa um ambiente onde a gestante é acolhida e apoiada para vivenciar o parto de maneira mais natural e participativa, priorizando o conforto, a segurança e o respeito às suas escolhas. Neste espaço, a experiência do nascimento é valorizada como um momento único e fundamental, não apenas no aspecto físico, mas, também, emocional e psicológico, tanto para a mãe quanto para o bebê”, explica a titular da pasta estadual da Saúde.

O centro é equipado para proporcionar uma atmosfera serena e acolhedora, semelhante a um lar, onde a gestante pode contar com o apoio de uma equipe multidisciplinar especializada em parto normal. Profissionais estão à disposição para oferecer cuidados contínuos, promovendo práticas baseadas em evidências que respeitam o tempo e o processo natural do parto. Além disso, o CPN enfatiza a importância do vínculo mãe-bebê desde os primeiros momentos de vida, incentivando o contato pele a pele e o aleitamento materno imediato. 

"Agradecemos ao Governo do Estado por essa estrutura e por toda a estrutura, também, de enfermaria, que é algo que, às vezes, as puérperas, que são as mulheres que acabaram de parir, se queixam bastante, pedem a presença do acompanhante, e como esse acompanhante é recebido ao lado dela e do bebê. Então, a gente vai ter toda uma estrutura, com um pouco mais de isolamento, de privacidade, para essa família que está sendo constituída, com um lugar adequado para o recém-nascido, um lugar adequado para a puérpera e, ainda, um lugar adequado para o acompanhante, para o esposo, a avó do bebê, enfim, quem estiver ali na escolha da mãe. Vai ser fantástico, uma possibilidade de prestar assistência com um caráter muito humanizado”, detalha o coordenador da área obstétrica do Hospital Regional Dr. Mário Dourado Sobrinho, Jackson Muniz.

Próxima entrega

Ainda no primeiro semestre deste ano será entregue a reforma do centro cirúrgico e 10 novos leitos de UTI adulto no Hospital Regional Dr. Mário Dourado Sobrinho, um investimento superior a R$ 10,4 milhões apenas em obras. Durante inauguração da ampliação da unidade, o governador Jerônimo Rodrigues também autorizou a Sesab a elaborar o projeto para finalização das obras de reestruturação da emergência clínica pediátrica, da UTI pediátrica, do ambulatório e das áreas administrativas da instituição.

Balanço

Desde janeiro de 2023, o Governo do Estado já ampliou a rede estadual de saúde em mais de 800 novos leitos, com destaque para o Hospital Ortopédico do Estado da Bahia e Hospital 2 de Julho, ambos em Salvador, bem como as novas unidades hospitalares em Jacobina, Jaguaquara e Itaberaba. Esse número não contabiliza os novos contratos com entidades filantrópicas, municipais e privadas que disponibilizam leitos e serviços especializados para a rede estadual. 



Fonte: Blog Bahia  / Ascom/Sesab,GOVBA

Nenhum comentário:

Postar um comentário