Cafarnaum: Quadrilha explode caixas eletrônicos de agência bancária e ataca sede de pelotão da PM na região de IrecêBlog Bahia - O Portal de Notícias do Oeste Baiano


10 de mai. de 2024

Cafarnaum: Quadrilha explode caixas eletrônicos de agência bancária e ataca sede de pelotão da PM na região de Irecê

 

Os caixas eletrônicos de uma agência bancária localizada no centro de Cafarnaum, no norte da Bahia, foram explodidos por criminosos na madrugada desta sexta-feira (10). Segundo a Polícia Militar, a sede do pelotão da cidade também foi atacada, mas a ação não foi detalhada. Ninguém ficou ferido.

De acordo com informações do 7º Batalhão da Polícia Militar (BPM), uma agência do Banco do Brasil (BB), localizada na Rua Eduardo Barreto, foi alvo de um grupo de homens armados, que fugiu em dois carros após a ação criminosa.

A agência teve as portas da frente quebradas e toda a estrutura da entrada sofreu danos, por isso, está fechada nesta sexta-feira.

 

Testemunhas relataram ter escutado barulho de muitos tiros, além das explosões, e moradores ficaram assustados. Cafarnaum é uma cidade tranquila e pequena, com pouco mais de 18 mil habitantes, de acordo com o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Horas depois, um dos carros usados no crime foi encontrado carbonizado às margens da BR-122, na caminho para a cidade de Mulungu do Morro. O local foi isolado e peritos trabalham em busca de vestígios deixados pelos criminosos.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que delegacias territoriais e especializadas das polícias Militar e Civil atuam na região de Cafarnaum para identificar e prender os autores dos ataques.

Ainda conforme o órgão de segurança pública, informações sobre criminosos podem ser enviadas, até de forma anônima, através dos telefones do Centro Integrado de Comunicação (Cicom) - 190 e do Disque Denúncia - 181.

Veja abaixo nota do BB:

"O Banco do Brasil sempre colabora com as investigações policiais e atua para regularizar o atendimento no menor tempo possível em casos deste tipo. Cabe destacar que, de forma alternativa, os clientes e usuários de agências afetadas podem contar com atendimento via aplicativo do BB, em agências próximas ou em correspondentes bancários."  (G1).


Nenhum comentário:

Postar um comentário